Batons líquidos Dailus Pro

| |
Boa tarde gente bonita. É o último dia do ano e o assunto de hoje é pra deixar todos mais bonitos ainda em 2015!
Como vocês vão passar a virada do ano? Vocês fazem lista de desejos e metas para o ano que inicia? Nada como 365 dias inteiros pela frente e um enorme desejo de mudança... mas lembre-se, seja você a mudança, não espere pelo outro. Comece por você e aí sim, coisas boas acontecerão!! Nada de ficar com a bunda no sofá reclamando que não dá certo, faça acontecer!!

Hoje vim falar pra vocês de um produtinho que chego chegando no mercado e que tem conquistado cada vez mais admiradoras: os batons líquidos da Dailus Pro. Eu demorei um pouco (sempre atrasada com as novidades), mas já garanti duas cores lindas (e estou desejando a coleção toda!!). Existe uma variedade de batons líquidos, os mais famosos são os velvets da Lime Crime, tem também da Kate von D, da NYX, entre tantos outros (mas aqui em São Leopoldo são todos difíceis de encontrar e o preço é mais elevado). Os da Dailus são uma opção barata e boa e mais fácil de encontrar (aqui da pra encontrar na Nova Era Cosméticos).

Acima, todas as 10 cores da coleção com seus respectivos nomes, a foto usada foi buscada no Google e é da Thatiane Lovato, do blog Atmosfera Glamour (vale a pena conferir, a Thati arrasa!)

O que são: batons líquidos, com embalagens semelhantes a gloss. Possui textura cremosa/líquida e deslisa facilmente nos lábios para a aplicação. Depois da aplicação, ele seca e fica matte (a sensação é de que se está sem batom). Não transfere e dura muito. A aplicação não é muito difícil, mas tem que cuidar pra não borrar, porque aí se for muito borrado tem que tirar tudo e começar de novo, principalmente os mais escuros (que eu AINDA não tenho). Se for um borrãozinho, dá pra corrigir com pincel e corretivo.
Um detalhe muito importante, é que, diferente dos batons cremosos, não dá pra esfregar um lábio no outro, principalmente depois que ele seca, porque corre-se o risco de tirar o batom, porque ele fica bem sequinho e pode esfarelar. O batom leva cerca de 1 minuto pra secar totalmente e depois disso, ele não transfere nada, dá pra beijar numa boa que ele não sai (selinho , tá gente, não vai querer tascar um beijo desentupidor de pia que aí não há batom que aguente!). Comigo, ele saiu depois de jantar, mas não saiu todo, só a parte mais central mesmo. Em mim, durou tranquilo umas 5h. Pra remover, um removedor de maquiagem resolve bem.
Para que

Eu só tenho dois exemplares (por enquanto), e vou falar um pouquinho de cada um deles.


Começando pelo nude. Esse é o Sissone. Foi minha primeira aquisição dos batons líquidos. Comprei junto com o segundo tonalizante cobre (que ainda não usei, porque não terminou o primeiro. Gente rende muuuito um tubinho). É super fácil de passar, deixa um nude bonito, com fundo caramelo, sem apagar a boca. Gosto muito dele pra qualquer ocasião. Uso no dia-a-dia com maquiagem básica (BB Cream, blush e muita máscara de cílios), como também para um evento mais formal (com um olho bem forte e destacado). É uma cor muito democrática. Combina com tudo! Não precisa passar uma camada muito generosa, mas tem que caprichar pra não ficar manchado. Não adianta fazer sobreposição de camadas, porque ele vai craquelar (isso acontece com qualquer batom líquido da Dailus, tá!).

Eu sou muito apaixonada por esse batom. Quando fico na dúvida do que usar, coloco ele. É escolha certeira, nunca tem erro. E como eu fiquei feliz que eu consegui fazer fotos legais de batons (hahaha, a loca das fotos de boca), vocês terão várias resenhas de batons agora!!!

Ah, o arabesque (suspiros). Um rosa chiclete/barbie/neon com fundo frio azulado muito lindo. Ele é bem vibrante, portanto não dá pra carregar muito no olho se você quiser usar essa cor. É um pouco mais chatinho de aplicar, mas com paciência, ele fica perfeito. Cor bem menina, apesar de forte, é bem delicada. Essa foi a cor que eu usei no Natal (veja aqui).
Estou amando essas fotos de batom. Nem parece que fui eu que tirei!

As fotos foram todas tiradas sem flash, com luz artificial branca e não possuem edição, para não alterar a cor do batom.
Uma dica importante é que os lábios precisam estar bem hidratados para que a aplicação fique uniforme e bonita. Boca ressecada com aquelas pelezinhas descascando não dá certo. Então, não custa criar o hábito de hidratar a boca todos os dias, né?! Só que antes de passar esse batom, se for usar um balm, não dá pra aplicar um hidratante muito cremoso, porque elimina o efeito do batom, tem que ser um mais sequinho ou não aplicar nada. Na minha rotina eu uso, antes de dormir, o Bepantol Derma, em creme mesmo não comprei o lábios (porque achei caro demais pra um produto tão pequeno e o creme tem mais utilidades) e durante o dia uso um balm da Nivea (estou sempre experimentando novos, no momento estou usando o de tampinha azul e o de morango). Quando vou aplicar esse batom não coloco nada porque a boca já foi hidratada anteriormente. Mesmo assim, dá pra ver nas fotos, que o batom matte ressalta minhas dobrinhas da boca, aí, isso não tem jeito, minha boca é assim mesmo.

Os meus batons foram comprados na ShopBela (oh, novidade!). Eles custam R$24,99, mas o Arabesque eu comprei em promoção e saiu por R$16,99 (só não comprei mais porque faltou dinheiro, hehe). Estou namorando o Sapatilha, o Jetés (mas não sei se teria coragem para usá-lo) e o Ballet.



Bom ,gente bonita, espero que vocês tenham gostado dessa resenha rápida sobre esses batons que estão sendo os queridinhos do momento. Quando eu comprar as outras cores, eu mostro pra vocês.


Por agora é isso, mas em 2015 eu volto com mais notícias, resenhas, tutoriais... Já tem muita coisa encaminhada pro ano que vem!

Feliz Ano Novo a todos!!








Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por visitar o Psicologicamente Bela. Sua opinião é muito importante! Os comentários são moderados, pois gosto de ler todos e respondê-los!