As séries que eu assisto - Doctor Who

| |


Vamos falar de novo sobre séries?? Porque nem só de maquiagem e unhas vive esse blog e a pessoa que o escreve!

Já vou me desculpar aqui, porque esse post vai ser gigante, porque é uma série que eu amo muito e porque é uma série muito longa, ela possui meio século, dá pra acreditar?? Tem muita coisa pra falar dela, espero que gostem!!!

Ah, Doctor Who.... Essa é minha paixonite!!! Fui apresentada a esta série por meu excelentíssimo marido, que é muito fã também. Vou me referir sempre como doctor, com c, porque estou mais acostumada a chamar pelo nome em inglês, ok?! Eu vejo as séries todas legendadas, não gosto do dublado, acho que se perde muito, tanto em interpretação do ator quanto em interpretação do que se diz, por isso acabo me habituando a chamar os personagens e tudo o que cerca as séries pelo nome original ;)

Vamos até a Wikipédia para saber um pouco mais sobre a série...
Doctor Who é uma premiada série de ficção científica britânica, produzida e transmitida pela BBC. A série mostra as aventuras de um Senhor do Tempo - humanoide alienígena viajante do tempo que possui dois corações - conhecido apenas como "O Doutor" ("The Doctor"). Ele explora o universo em sua máquina do tempo, uma sensível nave espacial conhecida como TARDIS, cuja aparência exterior se assemelha a uma cabine da polícia londrina de 1963, justamente quando a série foi ao ar. Juntamente com os seus companheiros, O Doutor enfrenta uma variedade de inimigos, enquanto trabalha para salvar as civilizações, ajudar as pessoas comuns, e corrigir erros. Embora uma das grandes constantes da série “Doctor Who” seja que ninguém sabe seu nome real, o Senhor do Tempo tem um nome sim. A partir de 1991, uma série de livros começou a ser produzida baseada no programa, mas com novas histórias.
A série recebeu o reconhecimento da crítica e do público como um dos melhores programas de televisão britânicos, incluindo o British Academy Television Award 2006 de Melhor Série de Drama e por cinco anos consecutivos (2005-10) venceu o National Television Awards, durante o mandato de Russell T Davies como produtor executivo. Em 2011, Matt Smith tornou-se o primeiro Doutor a ser indicado ao BAFTA de Melhor Ator em um papel principal. Em 2013, o Prêmio Peabody honrou Doctor Who com um Peabody institucional de "para a evolução com a tecnologia e as vezes como nada mais no universo televisivo conhecido". O programa está listado no Guinness World Records como a série de ficção científica televisiva de mais longa duração no mundo (51 anos) e como a "mais bem sucedida" série de ficção científica de todos os tempos.

Os 12 Doctors.. sim, temos 12.... Porquê?? Porque essa é uma característica do Doctor, ele se regenera em outro corpo. Isso começou com o primeiro doctor (óbvio né!?) que por sua frágil condição de saúde já não conseguia mais decorar os textos e ter a performance que tinha antes. Em uma jogada de mestre os produtores decidiram trocar o ator, mas como fariam para encaixar na história a entrada de um novo doctor e a saída do primeiro. Decidiram então que o doctor possuía o poder de se regenerar, quando gravemente ferido ou quando o seu corpo já possuísse mais toda a sua força.
A série é dividida em duas partes: a clássica e a atual. Na série clássica temos do primeiro ao oitavo doctor, sendo que este último teve uma única aparição, em um filme. Aí temos uma lacuna no tempo e a séria atual começa com o nono doctor e vai até o décimo segundo (que ainda está por vir, a temporada estreia em agosto!!). 
Oh Ju, mas ali na foto tem 13, essa conta tá errada....
Sabe o que é... nessa lacuna de tempo temos o war doctor (doutor da guerra) que só aparece no especial de 50 anos (mas isso eu vou falar mais lá embaixo, aguardem!).

Essa é a TARDIS, a o que??

Vamos a Wikipédia novamente??
TARDIS (abreviação de Time and Relative Dimension(s) in Space - em português Tempo e Dimensão Relativas no Espaço) é a nave espacial e máquina do tempo no seriado de ficção científica Doctor Who. A TARDIS pode levar seus passageiros para qualquer lugar no tempo e espaço, embora seu exterior pareça com uma cabine de polícia de Londres devido a um defeito irreparável no sistema de camuflagem, seu interior é muito maior do que o exterior (essa é a tecnologia dos senhores do tempo), contendo inúmeras salas A TARDIS que o Doctor pilota é um modelo antigo do tipo 40. Ela foi produzida pelos Senhores do tempo e depois roubada pelo Doctor em Gallifrey (planeta natal dos Senhores do Tempo e do Doctor). Ela é muitas vezes chamada de "A TARDIS" pois ela é única no universo devido a extinção dos Senhores do Tempo.

Uma coisa muito interessante é que ela é maior por dentro do que por fora. Por fora ela é uma simples cabine telefônica, mas por dentro ela é muito gigante. Lá no início da série, a TARDIS possuia diversos cômodos, com direito até a quarto!!! Pensem em uma casa, mas que por fora ela parece minúscula. Essa é a TARDIS. Coloquei aqui em baixo uma foto linda dela por dentro - com o modelo do 11th doctor (porque a cada doctor ela se adapta a nova personalidade).

Como falei, a série é dividida em dois tempos: a série clássica - de 1963 até 1989, mais o filme em 1996 - e a série atual - de 2005 até o momento. E de lá pra cá vários doctors passaram pela TARDIS e vou flar pra vocês um pouquinho sobre os meus favoritos!!!

O 1st doctor (William Hartnell). Onde tudo começou. Sim, a série era em preto e branco ainda. bem diferente da atual, o primeiro doctor realmente foi construindo e modificando ao longo das suas temporadas o espírito e as características do doctor, que no início era um velho rabugento e prepotente. Ele vai se modificando, se tornando mais humano, mais carinhoso, mais bondoso. E com certeza, o Doctor Who não seria o que é hoje, se não fosse este cara. Foi ele que moldou o doctor e que fez com a série fosse o sucesso que é. Foi doctor de 1963 até 1966.

O 4th doctor (Tom Baker), meu favorito da série clássica. Bem despojado, bem exagerado, a cara dos anos 1970. Confesso que assisti pouquíssimo dele ainda (as temporadas da série clássica são mais difíceis de encontrar e ainda não conseguimos encontrar todas, por isso ainda não conseguimos olhar toda ela ainda). Adoro essa echarpe gigante, multicolorida (já estou programando fazer uma pra mim!). Atuou como doctor de 1974 até 1981.

O 11th (Matt Smith), meu doctor favorito da série atual (suspiro)... Fui apresentada a série em um especial de Natal (eles tem vários especiais ao longo do ano) com ele a frente da TARDIS e simplesmente me apaixonei. A personalidade deste doctor é algo mais maluco, bem descontraído, muito divertido, bem "fora da casinha". Sei lá, é algo que não se explica, sabe. Muitas pessoas são completamente apaixonadas pelo décimo doctor(David Tennant), que tem uma história muito interessante com a série, dizem que ele é O doctor, mas eu gosto muito do Matt, acho que ele deu outra vida, mais jovial, mais descolado. Como eu disse, é algo que não se explica, foi porque conheci a série com ele, então, o carinho é maior pelo primeiro doctor que a gente assisti.

O doctor também possui companions (acompanhantes de viagem). Pensem que já passaram 11 doctors co várias temporadas cada um. E com vários companions. Então achei esse quadrinho com as diversas personagens que passaram pela TARDIS. Da pra ver a transição da transmissão preto e branco para a colorida.

E o especial de 50 anos (suspiro de novo!). Quando foi anunciado que a série passaria em cinemas de diversos países simultaneamente, meu marido foi correndo pra ver se aqui no Brasil teria algum cinema passando. E adivinha?? Só teriam três cidades que passariam: Rio, São Paulo (se não me engano) e Porot Alegre. Gente, esse homem enlouqueceu. Foram liberadas três salas no cinema do Barra Shopping Sul, comprarmos nossos ingressos na terceira sala, quando tinha ainda unas 30 pra vender. Foi tipo, o momento certo!
E foi muito legal. Foi uma transmissão em 3D, com uma introdução muito legal (que só encontramos no youtube pra ver de novo). Teve a participação do décimo, décimo primeiro, dos olhos do décimo segundo e do war doctor, que veio para explicar o que aconteceu entre o oitavo e o nono doctor. Ele seria um doctor 8,5 (hahahaha) porque ele não é o oitavo, mas também não é o nono, entende?!
Foi um especial muito legal, com váááááááárias referências aos onze doctors, com direito a participação do quarto doctor, é lindo gente. Eu amei muito este especial. Valeu muito a pena assistir. Os único incvenientes foi que não marcaram os lugares (mesmo a gente tendo comprado com lugares marcados) e não pude sentar ao lado do Douglas e tinha gente que quando aparecia um doctor, ou outro ou algo muito legal, começava a gritar, a aplaudir (me senti com adolescentes olhando Crepúsculo, sério). Tipo, tudo bem tu gostar muito de algo, mas fazer fiasco no cinema só vai dificultar os outros que estão tentando olhar e ouvir e vamos combinar né, palmas?? eles nem estão ali pra te ouvir, povo não é teatro, tá?! (Uh, precisava desabafar isso, porque foi algo que relamente me irritou no dia!).

Ainda teriamos os diversos vilões que o doctor já enfrentou, mas o post ficaria gigante demais e decidi não colocar.

Gostaram gente?? Se você leu o post até aqui, muito obrigada pela sua incrível paciência! Não tinha como diminuir muito pra falar de uma série com meio século, né?!

Pra quem se interessou pelo Doctor Who, tem um site muito bom chamado Universo Who que vocês encontram tudo sobre ele. Tem várias temporadas da séries clássica e a série atual pra baixar, várias informações sobre o que anda acontecendo, sobre os atores. Um canal bem completo sobre o doctor. E pra quem tem Netflix, tem toda a série atual (com exceção do último episódio, o especial de Natal, com a regeneração para o décimo segundo doctor).

Bom gente bonita, vou embora antes que voês nunca mais apareçam por aqui, né?! Pra quem chegou agora, eu não faço posts tão grandes, tá?! É que me emocionei!!

Por agora é isso, mas eu volto com mais notícias.....








Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por visitar o Psicologicamente Bela. Sua opinião é muito importante! Os comentários são moderados, pois gosto de ler todos e respondê-los!