Top 5 - Filmes brasileiros

| |
Bom dia gente bonita... Fim de semana chegando e vocês já tem programa?? Eu estou cheia de festas: hoje tenho uma festinha infantil, amanhã é o meu aniversário (eeeeeeeeeeee) e domingo mais uma festinha... Fim de semana pra engordar!!!
O que?? Você ainda não tem um programa legal pra fazer? Que tal um bom cinema? Ah, o cinema.... Como me encanta... Um bom filme, uma boa companhia e um pacote de pipoca... Não gostou de nada que tá passando??
Conhece o cinema brasileiro?? Não?? Então passa a mão em um pacote de pipoca de microondas (praticidade né gente!) e enquanto ele estoura, da uma lida nas dicas que eu vou trazer pra você tem um fim de semana de cinema em casa...
O cinema nacional tem se destacado (pelo menos pra mim) e então decidi fazer um top 5 dos meus filmes brasileiros preferidos, assim como fiz sobre animações 

Então, pegue sua pipoca e vem comigo...

Imagem: Pesquisa Google
Lisbela e o prisioneiro (2003)
Sinopse: Lisbela (Débora Falabella) é uma moça que adora ir ao cinema e vive sonhando com os galãs de Hollywood dos filmes que assiste. Leléu (Selton Mello) é um malandro conquistador, que em meio a uma de suas muitas aventuras chega à cidade de Lisbela. Após se conhecerem eles logo se apaixonam, mas há um problema: Lisbela está noiva. Em meio às dúvidas e aos problemas familiares que a nova paixão desperta, há ainda a presença de um matador (Marco Nanini) que está atrás de Leléu, devido a ele ter se envolvido com sua esposa (Virginia Cavendish).
Porque coloquei na lista: Pelo simples fato de ser o filme brasileiro mais lindo que eu conheço. O filme é fofo, é romântico, é divertido, é emocionante. Eu rio e choro muito com esse longa. Esse é aquele filme estilo sessão da tarde e quando passa, se estou em casa, ah, ninguém me tira da frente da TV porque eu vou olhar (embora tenha também em DVD). Tem Selton Mello (como em vááários filmes brasileiros, hehe), e Bruno Garcia (que está hilário nesse filme).
A trilha sonora também é divida, tem Zé Ramalho, Caetano Veloso, Elza Soares (entre outros, só musicão, amo!!).


Imagem: Pesquisa Google

O homem do futuro (2011)
Sinopse: João/Zero (Wagner Moura) é um cientista genial, mas infeliz porque há 20 anos atrás foi humilhado publicamente durante uma festa e perdeu Helena (Alinne Moraes), uma antiga e eterna paixão. Certo dia, uma experiência com um de seus inventos permite que ele faça uma viagem no tempo, retornando para aquela época e podendo interferir no seu destino. Mas quando ele retorna, descobre que sua vida mudou totalmente e agora precisa encontrar um jeito de mudar essa história, nem que para isso tenha que voltar novamente ao passado. Será que ele conseguirá acertar as coisas?
Porque coloquei na lista: Também tem uma pegada romântica, mas tem um lado ficção científica bem interessante que pra mim, é novidade nos filmes brasileiros. Eu sou incondicionalmente apaixonada por filmes românticos, e esse me emociona muito. É lindo. Fora que os personagens principais são Wagner Moura e Alinne Moraes (que mulher é essa gente, ela interpreta tudo super bem, faz mocinha, faz vilã, rica, pobre, tudo, sou fã demais dela), quer mais motivo que isso?? Dois super atores, juntos. Demais.


Imagem: Pesquisa Google
O auto da compadecida (2000)
Sinopse: As aventuras dos nordestinos João Grilo (Matheus Natchergaele), um sertanejo pobre e mentiroso, e Chicó (Selton Mello), o mais covarde dos homens. Ambos lutam pelo pão de cada dia e atravessam por vários episódios enganando a todos do pequeno vilarejo de Taperoá, no sertão da Paraíba. A salvação da dupla acontece com a aparição da Nossa Senhora (Fernanda Montenegro). Adaptação da obra de Ariano Suassuna.
Porque coloquei na lista: Ah, porque é muito bom. Tem uma história muito bonita e muito engraçada. Selton Mello (de novo) e Matheus Natchergaele e pra rir litros!!! Tem a maravilhosa Fernanda Montenegro. O filme é inspirado na obra de Ariano Suassuna e apesar de ter uma pegada religiosa, não é apelativo, nem piegas. É pra chorar... de rir!!!


Imagem: Pesquisa Google
Até que a sorte nos separe (2012)
Sinopse: Tino (Leandro Hassum) é um pai de família comum que vê sua vida virar de ponta a cabeça após ganhar na loteria. Levando uma vida de ostentação ao lado da mulher, Jane (Danielle Winits), ele gasta todo o dinheiro em 15 anos. Ao se ver quebrado, Tino aceita a ajuda do vizinho Amauri (Kiko Mascarenhas), um consultor de finanças super burocrático e que por sinal vive seu próprio drama ao enfrentar uma crise no casamento com Laura (Rita Elmôr). Tentando evitar que Jane descubra a nova situação financeira, afinal ela está grávida do terceiro filho não pode passar por fortes emoções, Tino se envolve em várias confusões para fingir que tudo continua bem. Para isso, conta com ajuda do melhor amigo, Adelson (Aílton Graça), e dos filhos.
Porque coloquei na lista: Só pelo fato de ter Leandro Hassum, já é um motivo pra filme ser mega engraçado e valer a pena, mas a história é super interessante. Por trás da comédia tem um tema bem interessante, o poder do dinheiro (ou da falta dele) na vida e no caráter das pessoas.


Imagem: Pesquisa Google
O homem que copiava (2003)
Sinopse: André (Lázaro Ramos) é um jovem de 20 anos que trabalha na fotocopiadora da papelaria Gomide, localizada em Porto Alegre. André mora com a mãe e tem uma vida comum, basicamente vivendo de casa para o trabalho e realizando sempre as mesmas atividades. Num dia André se apaixona por Sílvia (Leandra Leal), uma vizinha, a qual passa a observar com os binóculos em seu quarto. Decidido a conhecê-la melhor, André descobre que ela trabalha em uma loja de roupas e, para conseguir uma aproximação, tenta de todas as formas conseguir 38 reais para comprar um suposto presente para sua mãe.
Porque coloquei na lista: O filme se passa aqui no sul (embora os personagens não tenham sotaque. Pausa para desabafo: porque nos filmes e novelas nordestinos todo mundo tem sotaque e quando chega aqui no sul não tem?? E porque quando tem, fazem de um jeito forçado e grotesco??). É interessante como a vida dos personagens vai se entrelaçando em meio a loucuras e atos ilícitos (André começa a fabricar notas falsas) e como uma reviravolta muda o destino de todos eles.


Então, tá esperando o que pra selecionar o que vai assistir e correr pra frente da TV com um balde de pipoca na mão (e um lencinho dependendo do filem que escolher)???

Já olhou algum?? Conta qui pra gente, queremos saber tua opinião...

Deixei algum de fora que você acha muito bom?? Fala pra gente, assim a lista de opções fica maior!!!


Por agora é isso, mas eu volto com mais notícias.....











Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por visitar o Psicologicamente Bela. Sua opinião é muito importante! Os comentários são moderados, pois gosto de ler todos e respondê-los!